Passo a passo

O processo de credenciamento de um estabelecimento de saúde junto à RNDS é realizado em duas fases. Na primeira o estabelecimento requisita acesso ao ambiente de homologação. Na segunda, o estabelecimento requisita acesso ao ambiente de produção. Quando esta última é concedida, o estabelecimento está autorizado a trocar informações com a RNDS.

Antes de apresentar detalhes destas fases, contudo, a sugestão é se ambientar com o conteúdo da introdução e do público-alvo, pois oferecem um contexto para o entendimento do Guia.

Os detalhes destas fases são fornecidos abaixo, por meio de um fluxo típico, representativo de vários cenários. Variações são naturais, pois a maioria das atividades é realizada pelo gestor e o integrador, ou seja, pelo estabelecimento de saúde.

Fluxo típico

  1. O gestor deve obter o certificado digital, se não possuir um.
  2. O gestor deve criar uma conta gov.br, caso não possua uma.
  3. O gestor deve solicitar acesso à RNDS (primeira fase). A solicitação de acesso é feita pelo Portal de Serviços cujo acesso exige uma conta gov.br (passo anterior). São requisitadas várias informações sobre o estabelecimento de saúde, inclusive o certificado digital (primeiro passo).
  4. O gestor deve obter o identificador do solicitante, ou seja, um identificador fornecido pelo DATASUS para o estabelecimento de saúde em questão, cujo acesso ao ambiente de homologação é concedido.
  5. O integrador deve ambientar-se com os serviços (entradas/saídas) oferecidos e, dessa forma, conhecê-los e compreendê-los. Observe que esta atividade pode ser iniciada antes dos passos anteriores.
  6. O integrador deve desenvolver a solução tecnológica, aqui chamada de conector, para a integração com a RNDS.
  7. O integrador deve verificar a conformidade do conector com o contrato estabelecido para a integração com a RNDS.
  8. O integrador deve produzir as evidências necessárias para homologar o conector desenvolvido.
  9. O gestor deve solicitar acesso ao ambiente de produção e aguardar a resposta do DATASUS.
  10. O integrador deve colocar em produção o software que realiza a integração entre o estabelecimento de saúde e a RNDS (e homologado no passo anterior).

Diagrama

O diagrama abaixo, na notação BPMN, ilustra o fluxo de atividades de credenciamento, distribuídas entre três atores: (i) DATASUS; (ii) Gestor e (iii) Integrador.

Last updated on